Atelier Classe: Uma experiência de escolarização para crianças com autismo.

POR UMA PEDAGOGIA ESTRUTURADA PARA CRIANÇAS COM AUTISMO

ATELIERS-CLASSE PREAUT NA FRANÇA

 

 

Iniciada na França em 2007, inspirados por Decroly, que criou o termo atelier-classe, foi planejada essa abordagem pedagógica estruturada que, pela via da aprendizagem pesquisa a construçãodo processo de subjetivação da criança.

Atualmente, as equipes encarregadas de trabalhar com crianças dentro desse espectro se confrontam com duas abordagens diferentes normalmente aplicadas de formas exclusivas: terapias comportamentais/ cognitivas, ou suporte de inspiração psicanalítica.

Annick HUBERT-BARTHELEMY foi professora, psicóloga clinica e é psicanalista. Ela observou longamente classes para crianças com autismo articuladas em diversos métodos. A partir dessas observações ela elaborou um método de ensino que se propõe a ultrapassar essas divisões técnicas,colocando o objeto educacional como um caminho para a relação intersubjetiva no coração da sua abordagem. É um método estruturado de ensino voltado para o tripé terapêutico/pedagógico/educacional, destinado a permitir que essas crianças entrem na aprendizagem e tenham acesso ao conhecimento.

 

 

  • OBJETIVO:

 

O objetivo do atelier-classe é favorecer o aprendizado através de uma abordagem pedagógica estruturada visando a subjetivação pelas crianças com autismo.

 

 

  • ESTRUTURA DO AMBIENTE

 

  • Classes de 3 a 5 crianças, 4 dias na semana por 2:00 por dia
  • Tempo para os profissionais escreverem o Diário de Bordo ao final do dia e planejarem as atividades do dia seguinte
  • Mesa individual,2 cadeiras, uma caixa com objetos pessoais, um mural individual com foto, nome escrito de diversas maneiras e atividades diárias em uma tira vertical com pictogramas apresentando as atividades do dia
  • Mesa coletiva no meio da sala para lanche
  • Ponto de Encontro com bancos e tapetes
  • Trabalho 1-1, trocando de atividade e de adulto a cada 10 minutos
  • Pictogramas que representam as atividades são colocados à frente da criança na mesa ao inicio da atividade e depois levados ao mural individual.

 

 

 

  • OS CONTEÚDOS

 

 

A abordagem elaborada porAnnick HUBERT-BARTHELEMY é uma pedagogia que toma emprestado o design de programas cognitivos behavioristas (classe com design específico, 1-1, mudança de atividade e de interlocutor a cada 10 minutos, utilização de pictogramas).

Esse design permite às crianças de entrarem mais facilmente em um processo de aprendizagem através de:

 

*materialização de uma estrutura de espaço e tempo (um só local de referencia com um lugar determinado, a partir do qual se instaura uma dinâmica de trocas)

* diferentes interlocutores, cuja presença frente a uma criança não ultrapasse 10 minutos para uma atividade, que tem o efeito 1) da parte da criança, aliviar a ansiedade que pode acontecer numa relação dual que viveu como intrusiva 2) do lado dos pedagogos e dos cuidadores,  manter a capacidade para estarem alertas, disponíveis, estimulados e estimulantes.

 

É pedido aos monitores que acompanhem a criança, inclusivefisicamente, em tudo que tenham a fazer (por exemplo, colocar sua foto no quadro mural, fazer com ela os gestos das rimas, sem se esquecer da dimensão do prazer de “fazer junto”). Da mesma forma, em relação ao trabalho dos psicolinguistas sobre o diálogo mãe-filho, o “manhês”, é solicitado aos monitores que forcem as mímicas das situações, de sistematicamente colocar palavras sobre as atitudes e comportamentos, e também levarem a criança a verbalizar – em atividades, usando imagens como suporte, ou entre as atividades e durante o tempo dos agrupamentos.

 

Neste âmbito, os métodos educacionais utilizados são clássicos. Sete atividades foram escolhidas e podem ser agrupadas em quatro grupos pedagógicos inspirados pelas pré-aprendizagens propostas nas classes de Educação Infantil da Educação Nacional:

 

A )LÓGICA E MATEMÁTICA

 

B)EXPRESSÃO ORAL, VOCABULÁRIO E LEITURA

 

  1. C) GRAFISMO, RIMAS E CANÇÕES
  2. D) VIDA COTIDIANA


 

 

  • AGRUPAMENTOS

 

 

A)PRIMEIRO AGRUPAMENTO DA MANHÃ-  CHEGADA

Em torno de uma rima apropriada, é trabalhada a consciência do tempo: crianças presentes e ausentes e/ou de suas fotos, calendário, tempo…

 

  1. SEGUNDO AGRUPAMENTO DA MANHÃ/ RECREAÇÃO

As crianças se reagrupam em volta de uma grande mesa para o lanche.  O objetivo é criar uma situação na qual a criança tenha que pedir uma coisa que ela gosta ou lhe dá prazer: em seguida, é solicitada e encorajada a expressar-se a fim de obter o que deseja.

 

  1. C) TERCEIRO AGRUPAMENTO AO FINAL DO ATELIER-CLASSE

Esse momento se articula através da musica, de rimas e danças nas quais participam adultos e crianças em um prazer compartilhado. Em alguns casos as crianças cantam antes de falar. Muitas vezes as crianças cantam primeiramente com uma voz suave, em seguidamais alto e finalmente no volume máximo – mais frequentemente fora da classe.