PROJETOS

                        ftprojetos

O Instituto Viva Infância é composto por vários núcleos e cada núcleo é responsável por algum tipo de projeto dentro da nossa instituição, por exemplo, o núcleo clínica com crianças é responsável pelo projeto “Atendimento Clínico á Criança” que dispõe de cinco salas para atendimento das crianças e suas respectivas famílias.

 

 

Núcleo Clínica com crianças:

 

Atendimento clínico à criança: São quatro salas para o atendimento à criança e sua família.

Atendimento Individual: Casos que necessitarão de uma atenção específica e são tratados individualmente em consultas semanais de psicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional e fonoaudiologia. São atendidas crianças na faixa etária de 0 a 11 anos. Os atendimentos serão realizados por profissionais de cada especialidade, sejam membros do Instituto Viva Infância ou profissionais que fazem nossos cursos de capacitação.

Atendimento em grupo terapêutico: Trabalho que beneficia as crianças que precisam de uma ajuda na socialização de relações e de necessidades, além de trabalhar aspectos das regras e leis fundamentais para o desenvolvimento da criança. São atendidas crianças de 0 a 11 anos, mas cada grupo é separado por faixas etárias próximas para que possa atender a necessidade de cada situação. Esses grupos são dirigidos por dois profissionais, de preferência de especialidades distintas.

Programa primeira entrevista: Todos os pedidos de atendimento passam por uma primeira entrevista longa para um ajuste de demandas e encaminhamentos necessários. Nesse programa atenderemos todos os pedidos que chegarem considerando que é o primeiro momento na instituição. Os pacientes são encaminhados para algum dos nossos programas ou, em caso de incompatibilidade da demanda, fazemos um encaminhamento para outra instituição e nos responsabilizamos por acompanhar a família até a próxima instituição ou profissional escolhido.

Grupo de mães: Espaço dedicado às mães para falarem da maternidade, das questões familiares que lhes afligem, e das relações com a problemática do filho. Não há restrição de faixa etária, qualquer mãe em qualquer período de sua vida poderá participar desse grupo. Coordenado por uma psicanalista e um aluno do curso de capacitação.

Ateliê grupo de crianças: Um espaço para aquelas crianças que têm dificuldade em se relacionar com seus pares. O trabalho em grupo favorece a inter relação e busca “fazer emergir” o poder de agir das pessoas em utilizar a fotografia como forma de registrar e revelar suas histórias, suas verdades, sem o objetivo de ensinar a arte da fotografia. Metodologia usada é a da expressão através da fala, da fotografia, do exercício do olhar, e do registro escrito. É importante chegar a um produto no final do trabalho. Faixa etária contemplada é de crianças de 4 a 11 anos. Esses ateliês serão coordenados por uma profissional da área da fotografia e uma psicóloga.

Núcleo Prevenção Precoce

Programa de Prevenção Precoce em Saúde Mental: Tem o objetivo de uma intervenção em creches e abrigos a partir de observação terapêutica de crianças e discussões com os estagiários e profissionais da creche. Inclui também diálogo com os pais na própria creche e reuniões informativas para os profissionais. Esse programa possui forte teor preventivo na área da saúde mental.

Ambulatório do bebê: Dedica-se ao atendimento clínico conjunto do bebê e seus cuidadores principais. Os bebês podem ser encaminhados tanto das maternidades e seus programas de follow up, quanto de creches e abrigos. É coordenado por uma psicóloga especializada no atendimento em intervenção precoce.

Grupo temático para pais: Serão realizados 05 encontros anuais com temas específicos sobre a relação pais e filhos e suas dificuldades. Coordenado por dois profissionais diferentes em cada encontro. Atenderá a quaisquer pais que se interessem pelo trabalho.

 

Núcleo Autismo

 

Projeto Atelier Classe – Idealizado por Annik Barthelemy e implementado pelo PREAUT FRANÇA com supervisão de Graciela Crespin, o Atelier Classe tem como objetivo desenvolver a subjetividade de crianças com autismo pela via da aprendizagem, por isso se apoia no tripé: educativo, pedagógico e terapêutico. Acontece com um grupo de no máximo 4 crianças e 4 adultos, e o trabalho é feito intercalando atividades em grupo e individuais. As atividades individuais são realizadas para cada criança com um adulto a partir das suas necessidades de aprendizagem e terapêutica. O instituto Viva Infancia avança no atendimento a criança com autismo e sua familia ao implementar esse método integrado.

Em parceria com o Préaut França e o Préaut Brasil, este núcleo pretende apoiar as pesquisas sobre autismo que acontecem nacionalmente e internacionalmente. Esse apoio comporta cursos sobre autismo, parceria em publicação e atendimento aos casos detectados pela pesquisa.

 

Núcleo Transmissão e Ensino:

 

Curso: A prática clínica com crianças

Oferecer aperfeiçoamento a profissionais das áreas de psicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional e fonoaudiologia através da prática clínica supervisionada acompanhada de curso teórico.

 

Período: Dois anos

Dia da semana aula teórica quinzenal: Quarta feira das 19:30 as 21:30h (80 horas)

Supervisão clínica semanal: Uma hora e meia (Grupos de no mínimo de 4 e máximo de 5, horário a combinar) (132 horas) Atendimento ( 48 horas)

Investimento: 220,00 mensais (prática clínica, supervisão e curso teórico)

Publico alvo: profissionais de psicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional e fonoaudiologia.

 

Grupo de estudos:

Encontros semanais com 5 participantes para seguirem o estudo dirigido sobre um determinado tema.

– As primeiras relações do bebê
– O encontro da pedagogia e da psicanálise


Núcleo Laço Social:

Brinquedoteca:
Espaço reservado a todas e quaisquer crianças interessadas, sejam as que são acompanhadas no Viva Infância, sejam as crianças da vizinhança. É também um espaço dedicado às crianças que recebem alta e precisam ainda de um lugar para brincar. A brinquedoteca receberá os pais que desejarem contar história, brincar, jogar com as crianças, possibilitando maior integração entre o Viva Infância e a comunidade. Toda a programação da brinquedoteca será coordenada por um membro do instituto Viva Infância.

Biblioteca:
Espaço reservado às crianças e adolescentes da comunidade, promovendo incentivo á leitura nesse local e fora dele, zelo com todo o material, empréstimo de livros, e consultas. Pessoas da comunidade serão incentivadas e convocadas para auxiliar nessa atividade. Toda a programação da biblioteca será coordenada por um membro do Instituto Viva Infância.

 

 
Núcleo Ateliê Classe
 
ATELIER-CLASSE: POR UMA PEDAGOGIA ESTRUTURADA PARA CRIANÇAS COM AUTISMO
Martha Silva/ Psicopedagoga, Coordenadora do Atelier-Classe do Instituto Viva Infância

 
 

O ATELIER-CLASSE é uma abordagem pedagógica estruturada que visa através da aprendizagem a subjetivação das crianças com autismo.
Esse dispositivo elaborado por ANNICK HUBERT-BARTHELEMY na França, é uma pedagogia num modelo integrativo, que toma emprestado de programas de base cognitiva situações como: classe com design específico, interlocução 1-1, mudança de atividade e de interlocutor a cada 10 minutos, utilização de pictogramas (imagens).
Esse design permite às crianças de entrarem mais facilmente em um processo de aprendizagem através de:
Materialização de uma estrutura de espaço e tempo: um só local de referência com um lugar determinado, a partir do qual se instaura uma dinâmica de trocas.
Encontro com diferentes interlocutores, cuja presença frente a uma criança não ultrapasse a 10 minutos por atividade, com o efeito de:
da parte da criança, aliviar a ansiedade que pode acontecer numa relação dual que viveu como intrusiva.
do lado dos mediadores, manter a capacidade para estarem alertas, disponíveis, estimulados e estimulantes.
A partir das dificuldades de aprendizagens das crianças propor um método de ensino individualizado, apoiado em seus interesses e capacidades próprias de aprendizagem.
Colocar no coração do processo « o objeto pedagógico », como via de acesso à relação intersubjetiva.
Estar inscrito num dispositivo relacional apoiado sobre o tripé terapêutico, educativo e pedagógico.
  

A dinâmica do atelier-classe acontece entre atividades 1-1 e atividades de grupo.
Os agrupamentos são realizados em três momentos:
Roda de Acolhimento: na chegada, quando é trabalhada a consciência de tempo e espaço, além de canções.
Lanche e Recreação: As crianças se reagrupam em volta de uma grande mesa para o lanche. O objetivo é criar uma situação na qual a criança tenha que pedir uma coisa que ela gosta ou lhe dá prazer. Em seguida as crianças vão brincar no pátio onde realizam jogos coletivos, brincadeiras de roda etc.
Fechamento do atelier: Esse momento se articula através da música, instrumentos, rimas e danças nas quais participam adultos e crianças em um prazer compartilhado.
  

As atividades individuais (sempre 1-1 e frente a frente com um mediador) compreendem as diversas áreas do currículo a partir dos parâmetros curriculares do MEC. São elas:
  

LÓGICA E MATEMÁTICA
Trabalhamos a conservação do número e reconhecimento das quantidades (coleções) através de situações concretas para favorecer o acesso à numeração e a enumeração.
São também desenvolvidas atividades de classificação, seriação, ordenação, uso de quebra-cabeças, e análise de situações em imagens.
  
EXPRESSÃO ORAL, VOCABULÁRIO E LEITURA
A imagem é utilizada como ponto de partida da representação afetiva e cognitiva.
Trabalhamos a comunicação através do prazer de estar com o outro. A introdução à narração é um elemento essencial. Para essa área são confeccionados materiais específicos para cada criança.
  
GRAFISMO, RIMAS E CANÇÕES
Atividades motoras e psicomotoras: a partir do traço e do som, favorecemos a emergência da imagem do corpo, e, portanto, a linguagem. As atividades gráficas correspondentes às pré-aprendizagens da escrita propostas dentro do atelier são destinadas a facilitar a mão para a escrita. A experiência mostra que as crianças com autismo estão, muitas vezes, interessadas em escrever antes do desenhar.
  
VIDA COTIDIANA
Codificar as habilidades motoras da criança, colocando-a a serviço da relação intersubjetiva, promovendo o aparecimento de comportamentos de socialização: desenvolvimento de competências (recorte, colagem, pintura, etc.), e também o desenvolvimento da autonomia (vestir-se, calçar-se, lavar as mãos, etc.).

Rua Tenente Gustavo dos Santos - 26C - Boca do Rio / CEP: 41706-860 / TEL: (71)3363-7717